CARTAS DE AMOR

O espetáculo traz de maneira poética as dores e alegrias trazidas de lembranças, que parecem ser atuais devido à síndrome de Alzheimer.

A história acontece na casa de um homem em estágio inicial da síndrome de Alzheimer, na festa de seu aniversário (que ele esquece durante o espetáculo), que vai contando aos seus convidados sobre a sua doença que é a mesma que levara sua mãe à morte. Durante a festa ele vai encontrando CARTAS DE AMOR deixadas por sua mãe, enquanto viva, para que ele nunca se esquecesse do amor que tinham um pelo outro, pois ela sabia que seu fim estava próximo e que a doença do filho já iniciara. As cartas de amor deixadas pela mãe e as análises das dores sofridas pelo filho são poemas de Fernando Pessoa lidas e ditas pelo filho.

O espetáculo leva o público a viajar nessa poética história de dor e amor entre mãe e filho valorizando as relações pessoais.

17911461409537785_edited.jpg

Título: Cartas de Amor

Estréia: 28 de dezembro de 2020

Elenco:

Tuca Zanini

Ficha técnica:

Texto: Gilvan Balbino

Direção: Zeluiz de Oliveira

Técnica: Laryssa Drehher

Apoio: Manoela Carvalho

Produção: Tuca Zanini

Produção Executiva: Rabugentos Cia Teatral